Buscar
  • mirian frança

Dicas para ter mais Orgasmos

Recebo muitas interagentes que relatam dificuldades de ter orgasmos atualmente, mas que não foi sempre assim. Eu escrevi esse artigo com os motivos mais comuns que podem fazer com que uma mulher se feche para os prazeres sexuais:

1-) Falta de Conexão A conexão abre as portas da vulnerabilidade, da entrega e da confiança, por isso é um grande aliado para um orgasmo de qualidade. Pode parecer óbvio, mas a falta de conexão é mais comum dos que se imagina. Muitas mulheres relatam se sentirem estar sendo usadas para masturbação com seus parceiros. A conexão é essencial para que exista empatia, admiração, e foco no momento presente. Você já experimentou olhar para o seu par fixamente nos olhos por alguns minutos? Faça o teste! Experimente olhar seu parceiro, olho no olho, por alguns breves minutos.

2-) Falta de Carinho O carinho abre as portas para o acesso ao corpo. O carinho influencia muito a qualidade do orgasmo. Não subestime o poder do carinho. E tudo bem se você está em uma "pegada" mais forte, carinho não é sobre ser meloso, é sobre ser verdadeiro, estar no aqui e agora, e se dedicar plenamente ao outro e a si mesmo. Vai pro corpo do parceiro, inicie de alguma forme, e escute o que ele pede e gosta.

3-) Ereção é uma obrigação. A influência da pornografia criou esse padrão da obrigatoriedade da ereção. A ereção é bem-vinda, mas ela não é necessariamente essencial para um orgasmo ou um sexo de qualidade. Portanto, não foque na ereção, deixe-a a acontecer naturalmente. Se a ereção não acontecer, não se culpe. Mulheres, se o seu parceiro não tiver ereção não pense que você é a culpada. Não tente fazer a ereção acontecer a qualquer custo. Curta a presença e o momento, o carinho, o afeto.

4-) Gozar é o objetivo Quando o gozo é o objetivo do sexo, estamos colocando uma meta no ato sexual, e isso pode gerar um distanciamento entre as partes, pois o foco deixa de ser o momento presente. O gozo é muito bem-vindo, mas não pode ser colocado como meta, senão estamos priorizando essa sensação em detrimento ao momento.

5-) Mente distante A mente distante é um grande inimigo do orgasmo e também uma grande falta de consideração com o parceiro que está ali com você. Estar presente para si e para o outro é o mínimo que deve ser feito, então, não permita que sua mente o distraia e lhe tire deste momento. No tantra, o sexo é uma meditação, e isso não tem nada a ver com ficar sentado de olhos fechados. O estado meditativo é o estado de presença, onde somente o "aqui e agora" existe e importa. Tente focar na respiração, no teu corpo, no corpo do outro, nada mais existe, nada mais importa nesse momento.

6-) Foco na performance

Com uma educação sexual baseada em pornografia, tentamos reproduzir as posições, gemidos, o sexo se torna performático, ao invés de deixarmos o corpo fazer o que tem que ser feito, e ao invés de nos mostrarmos vulneráveis ao outro. O problema é que toda essa atuação, nos tira completamente do momento presente, das sensações reais, e isso atrapalha o orgasmo. O sexo, quando performático, perde qualidade, é falso, tente ser você mesmo. 7-) Vício em pornografia

Acredito que esse seja o principal problema. A pornografia nos distância do sexo real. Ficamos cada vez mais mentais, e saímos completamente do sensorial. O cérebro vicia, e nosso sistema de recompensa e prazer, se desestabiliza. Quanto tempo do seu dia você se dedica a isso? Consegue ficar um bom tempo ser consumir pornografia? O sexo real não é tão prazeroso como ver um pornô? Essas perguntas podem ajudar a identificar um possível vício.


Não hesite em buscar ajuda. Entre em contato e marque logo uma sessão.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp-logo-1.png